João Polónia Fotojornalismo

quarta-feira, 21 de junho de 2017

Católicos celebram Corpo de Deus no feriado

















Na passada quinta-feira, a solenidade do Santíssimo Corpo e Sangue de Cristo, popularmente conhecida como Corpo de Deus, feriado em Portugal, foi vivida nas Caldas da Rainha com dois momentos expressivos. Pela manhã, três dezenas de adolescentes renovaram o batismo em profissão de fé, junto de suas famílias, catequistas e comunidade paroquial, durante a Eucaristia, seguida de procissão com Jesus sacramentado pelas ruas da cidade.

“Jesus é o pão vivo que nos alimenta na caminhada da vida. Jesus é o bom pastor que nos faz viver em comunhão com a grande família de Deus, a Igreja. Jesus é o amigo que continua a dar-nos a sua vida para vivermos n'Ele. Jesus é a luz que nos guia e ilumina na nossa vida. Vamos confirmar perante toda a comunidade aquilo que nossos pais e padrinhos disseram por nós no dia do batismo. Com fé e entusiasmo vamos louvar o Senhor”. Foi com estas palavras que os catequizandos do 6º volume da catequese caldense iniciaram a celebração na Igreja Nossa Senhora da Conceição, com o padre Alfredo Dionísio Ferreira a manifestar a “alegria” de ver a casa dos batizados “cheia” e juntos na fraternidade, responderem “sim ao Senhor, convivendo à volta da única mesa”, para serem “alimentados pela mesma palavra”.

Para reviver melhor o sacramento do batismo, que na infância lhes foi administrado e testemunhado, responsáveis na fé simbolizaram o gesto durante a missa. Entoando o cântico “esta luz de cristo vou deixá-la brilhar”, alguns educadores acenderam as velas através do círio pascal transportando a luz aos jovens. Estes, irradiados pela luz de Cristo e erguendo as suas velas acesas, renovaram as promessas batismais solenemente, confirmando dar continuidade à missão em Igreja, aprofundando a sua fé com “coragem para viverem com alegria o ideal cristão”. “Declaro que reconheço Cristo presente na minha vida e no amor dos irmãos, assim Deus me ajude com a sua graça, e vós irmãos com o testemunho da vossa vida”, foi declarado em representação do grupo.

O sacerdote na sua homilia sustentou que a “vida do cristão” deve ser marcada por uma caminhada a percorrer “sem preguiça mas com fidelidade”, capaz de alcançar a vida eterna com a entreajuda de todos os irmãos. “A nossa caminhada para Deus será mais feliz e mais fácil de concretizar, se estivermos unidos em amor fraterno; sentimos que temos um só pão, um só pai que é Deus, e um só espírito que nos anima, dando-nos a sua luz e a sua força”, apontou.

“O senhor escondido”. A expressão do Pastorinho de Fátima, Francisco Marto, recentemente canonizado santo pelo Papa Francisco, foi lembrada aos adolescentes pelo padre Joaquim para explicar o significado da festividade litúrgica. A custódia guarda o Corpo de Cristo através da hóstia maior do que aquela que os crentes comungam, para ser visualizada à distância. O presbítero lançou o convite: “Neste dia de festa vamos levá-lo pelas ruas da nossa cidade para indicar e dizer ao povo que Jesus Cristo está sempre presente no meio de nós”.

Os católicos e paroquianos responderam positivamente ao apelo da paróquia caldense ao engalanar janelas e varandas ao longo do trajeto. Acompanhando a pé e de dentro de suas casas, este ano houve um aumento significativo de participantes na celebração. Depois da caminhada de fé pelas artérias da cidade, com os adolescentes a integrarem a procissão, os fiéis regressaram ao interior da Igreja para receberem a bênção do Santíssimo Corpo de Cristo. Na despedida emocionada, ambos cantaram a uma só voz: “Cristo vence, Cristo reina, Cristo, Cristo impera”.

João Polónia

(notícia João Polónia publicada no Jornal das Caldas, edição nº 1312 de 21 de junho de 2017)
https://jornaldascaldas.com/Catolicos_celebram_Corpo_de_Deus_no_feriado

Confira os vídeos publicados da Solenidade do Corpo e Sangue de Cristo nas Caldas da Rainha:

https://www.facebook.com/joaopolonia.oeste/videos/1744806158864608/

https://www.facebook.com/joaopolonia.oeste/videos/1752032568141967/

https://www.facebook.com/joaopolonia.oeste/videos/1752023818142842/











domingo, 14 de setembro de 2014

Sacerdotes do Oeste tomam posse em paróquias lisboetas


Os padres, Valter Malaquias natural de Usseira, Óbidos, e Miguel Pereira de Atouguia da Baleia, que nos últimos quatro anos esteve como coadjutor nas paróquias de Caldas da Rainha e Coto, tomaram posse em Lisboa, como párocos nas paróquias de São Francisco de Paula, Santos-o-Velho e Alcântara, respetivamente. As celebrações eucarísticas empossadas pela mão do Bispo Auxiliar do Patriarcado de Lisboa D. Joaquim Mendes, no passado 14 de setembro, tiveram a participação de centenas de caldenses e oestinos, no dia em que a Igreja Católica celebrou a Festa da Exaltação da Santa Cruz.

No final da manhã em Santos-o-Velho, D. Joaquim Mendes, na sua homilia, realçou a cruz como símbolo principal da própria fé, que expressa “o sinal mais eloquente do amor de Deus em Jesus, que nos amou até ao fim, até ao limite do que é possível amar”. O Bispo Auxiliar sustentou que a prioridade dos cristãos passa por “redescobrir e valorizar a cruz como caminho de salvação, de triunfo, de libertação do pecado e de esperança”, conduzidos por Cristo em sentido único pela via do amor ao próximo. Abraçar a cruz segundo D. Joaquim Mendes é sinónimo de “dar a vida e perdê-la por amor para a eternizar”, com o dever de vivê-la sempre em comunidade e em família, como “dom que se dá aos outros e não como dom para conservar, acabando por a perder”, consequência da “cultura do bem-estar”.

“A cruz fala-nos de amor e não nos pode deixar insensíveis e indiferentes; é a cruz, o amor de Deus, em Jesus, que nos deve mover no caminho sinodal, na realização do ‘sonho missionário de chegar a todos’, de levar a todos a salvação que brota da cruz”, reforçou o prelado alertando os cristãos da Zona Pastoral Oeste da Diocese de Lisboa para a importância do próximo sínodo diocesano, convocado pelo Patriarca D. Manuel Clemente.  

Durante a tomada de posse, o padre Valter Malaquias dirigiu-se aos presentes para dizer que é com sentido de responsabilidade acrescida que vem para a paróquia, porque congrega na sua origem “os primeiros mártires de Lisboa”. O sacerdote afirmou que esses mesmos santos que sofreram o martírio por Jesus Cristo “foram modelo de fé para todos aqueles que viveram a fé ao longo dos séculos, e continuam hoje a ajudar-nos a crescer nessa virtude teologal”. “O Patriarca de Lisboa na sua carta dizia que enviava a mim e ao diácono Armando Dilão para que o Evangelho cresça e frutifique; e é por isso que nós estamos aqui, às vezes temos dificuldades em ver essa realidade, mas cresce e frutifica de maneiras práticas e concretas, como quando recebemos e acolhemos alguém na nossa Igreja, como que pelo Batismo crescemos também como Igreja”, sublinhou o também assistente nacional do movimento das Equipas de Jovens de Nossa Senhora.

Já em Alcântara foi com emoção e com espírito fraterno, que sacerdotes diocesanos, diáconos, acólitos, escuteiros, familiares e amigos do padre Miguel, rumaram à capital para prestar a sua homenagem. O pároco de Caldas, cónego Joaquim Duarte, que concelebrou à Eucaristia de tomada de posse considerou o acontecimento marcante para os caldenses, exteriorizando com alegria a forte participação em comunidade. Gratos pela amizade e colaboração, durante os quatro anos ao serviço das paróquias caldenses, os cristãos desejaram as maiores felicidades na nova e difícil missão pastoral do padre Miguel Pereira.

Recorda-se que o padre Miguel Jorge Pereira foi ordenado presbítero a 27 de Junho de 2010 por D. José Policarpo, Cardeal-Patriarca de Lisboa de então, no Mosteiro dos Jerónimos em Lisboa. A 3 de Julho do mesmo ano foi nomeado Vigário Paroquial (coadjutor) das Paróquias de Caldas da Rainha e do Coto. No mesmo ofício foi também nomeado para a Paróquia de São Gregório onde permaneceu até 2011. Em 16 de Julho de 2014 foi nomeado Pároco de São Pedro em Alcântara e dispensado das paróquias onde se encontrava.

http://www.joaopolonia.com/noticias/caldasdarainha/sacerdotes-do-oeste-tomam-posse-em-paroquias-lisboetas/

(Notícia João Polónia in Gazeta das Caldas - info@joaopolonia.com)

sexta-feira, 7 de dezembro de 2012

Jovem caldense parte em missão para Timor Leste


Ana Margarida Lucas natural de Caldas da Rainha, voluntária do grupo de Voluntariado Teresa de Saldanha da Congregação das Irmãs Dominicanas de Santa Catarina de Sena em Lisboa, partiu em missão para as montanhas de Timor, a fim de dar continuidade ao projeto que visa contribuir para o desenvolvimento comunitário humano e cristão, e o ensino da língua portuguesa. A jovem caldense de 28 anos é licenciada em sociologia e partiu na companhia de Marta Machado, professora do 1º ciclo de 26 anos da paróquia de Nova Oeiras, que para além de voluntária fará o seu postulantado em Timor, concretizando a primeira fase de admissão à congregação religiosa...

(Notícia com vídeo João Polónia, publicada na Gazeta das Caldas nº 4942 de 7 de dezembro de 2012)

quarta-feira, 31 de outubro de 2012

D. José Policarpo inicia o Ano da Fé em Lisboa



O Cardeal-patriarca abriu o Ano da Fé a 25 de outubro, dia da Dedicação da Igreja Catedral de Lisboa, mobilizando toda a diocese a meditar nas exigências da fé, no que diz respeito ao sofrimento e à vida. A celebração contou com a participação de mais de três mil pessoas, com forte presença das paróquias do Oeste, entre as quais, algumas dezenas de cristãos de Caldas da Rainha que se deslocaram à capital na companhia do pároco cónego Joaquim Duarte, não sendo alheio o facto do cardeal-patriarca ser caldense...

(Notícia com vídeo João Polónia/Jornal das Caldas nº 1070 de 31 de outubro de 2012)

quarta-feira, 24 de outubro de 2012

José Luís Guerreiro é o novo pároco do Santuário Senhor Jesus do Carvalhal


Mais de duas mil pessoas rumaram ao Santuário do Senhor Jesus do Carvalhal, concelho do Bombarral, para testemunhar a tomada de posse do padre José Luís Guerreiro, presidida por D. Nuno Brás Bispo Auxiliar de Lisboa, realizada no passado dia 7. O novo pároco e reitor José Luís Guerreiro, natural de Peniche, após seis anos ao serviço da paróquia de Pederneira-Nazaré, sucede ao padre José Faria que durante treze anos exerceu o seu ministério pastoral no Carvalhal. O padre Sérgio Mendes, prior do Bombarral, Roliça e Vale Covo passa a ter como novo vigário paroquial, o padre José Luís Guerreiro, e assume a nova função de coadjutor na paróquia do Carvalhal, da Vigararia da Lourinhã...

(Notícia com vídeo João Polónia/Jornal das Caldas nº 1069 de 24 de outubro de 2012)
http://www.joaopolonia.com/noticias/bombarral/jose-luis-guerreiro-e-o-novo-paroco-do-santuario-senhor-jesus-do-carvalhal/

quarta-feira, 17 de outubro de 2012

Dois mil fiéis intercedem a Nossa Senhora em procissão de velas pela cidade


No dia em que o Cardeal-Patriarca de Lisboa D. José Policarpo abriu o Ano da Fé em Portugal, cerca de duas mil pessoas participaram à noite numa manifestação marcada pela fé e devoção a Nossa Senhora de Fátima, com Eucaristia e procissão de velas pelas ruas de Caldas da Rainha. Muitos cristãos iniciaram a peregrinação do 13 de outubro com a celebração eucarística na Igreja de Nossa Senhora da Conceição, presidida pelo pároco cónego Joaquim Duarte, frisando que a presença de Maria “enriquece a realidade da Igreja viva, que somos todos nós batizados”.

(Notícia com vídeo João Polónia/Jornal das Caldas nº 1068 de 17 de outubro de 2012)

domingo, 9 de janeiro de 2011

Campanha do Prof. Aníbal Cavaco Silva na Região Oeste

Cavaco Silva discursa em jantar/comício no Vimeiro

Cavaco Silva em arruada nas Caldas da Rainha
Cavaco Silva reúne empresários do sector agrícola em Alcobaça
©João Polónia Fotografia de Autor
joaopolonia.oeste@gmail.com

sexta-feira, 3 de dezembro de 2010